Importar o histórico de mensagens

Você está iniciando um novo workspace Slack ou combinando dois existentes? Se for o caso, use a ferramenta de importação para puxar todas as mensagens e todos os membros existentes de uma destas fontes: 

  • Outro workspace Slack (veja Unir workspaces Slack)
  • Um arquivo CSV ou de texto (arquivos UTF-8 BOM não são compatíveis)
  • Um app de terceiros: HipChat, Flowdock, Campfire ou Chatwork

Observação: está migrando do Hipchat? Há um guia importante feito só para você! Confira Importar dados do Hipchat para o Slack para saber mais.


Etapa 1: planejar a importação

Antes de começar, é interessante saber o que pode ser importado para o Slack. Confira os detalhes abaixo.

Membros

Mensagens

Convide quantos antigos membros você quiser para o Slack. Lembre-se de que o convite expirará em 24 horas, ou em 72 horas se o workspace Slack tiver o SSO ativado.

Para cada pessoa importada, é possível fazer o seguinte:

  • Mesclar contas de membro com um endereço de e-mail correspondente
  • Criar uma conta do Slack e convidar membros para o workspace
  • Criar uma conta desativada e convidar membros para entrar mais tarde
  • Importar as mensagens de um membro, mas escolher não o convidar para o workspace. (Isso exclui as mensagens diretas e os arquivos de um membro, bem como as @menções. As mensagens serão exibidas como mensagens de bot.)
  • Escolher não importar o membro ou as mensagens dele

Observação: membros sem endereço de e-mail serão importados para o Slack como usuários bot. Você pode deixá-los como estão ou criar contas do Slack para eles, se quiser.

Ao mapear mensagens para o Slack, é possível escolher para onde elas devem ir, canal por canal. Você pode fazer o seguinte:

  • Mapear conteúdo importado para um canal público novo ou existente
  • Mapear conteúdo importado para um novo canal privado (no qual você entrou)
  • Escolher não importar certas mensagens para o Slack

Observação: não é possível importar conteúdo de mensagens diretas nem canais privados de um workspace Slack ou da maioria dos apps de terceiros. 


Etapa 2: iniciar a importação 

  1. Na área de trabalho, clique no nome do workspace na parte superior esquerda.
  2. Selecione Administração e depois Configurações do workspace no menu.
  3. Clique em Importar/exportar dados, no canto superior direito.
  4. Clique em Importar, ao lado do serviço do qual você está importando.
  5. Para o Slack, o Hipchat, o Hall, o Chatwork ou um arquivo de texto CSV, clique em Escolher arquivo, anexe seu arquivo e clique em Iniciar importação. Para o Flowdock, autentique sua conta para começar a importação. Para o Campfire, insira o URL e o token do Campfire. 


Quando a importação estiver concluída, você receberá um e-mail e uma mensagem do Slackbot. 💌

Aviso: não edite os arquivos .zip, .csv, ou .txt antes de importá-los para o Slack. Isso causa erros durante o processo de importação.

Dica: grandes importações podem demorar e afetar temporariamente o desempenho do app Slack. Você pode iniciar uma importação por hora.


Etapa 3: mapear a importação 

Oba! Sua importação está pronta! Agora chegou a hora de mapear os membros importados e o histórico de mensagens para o workspace Slack:

  1. Localize e abra seu e-mail de confirmação e clique em Continuar com a importação. Como alternativa, na página Importar dados, clique em Informações obrigatórias.
  2. Decide os dados a serem importados e onde devem ser colocados. Os membros e as mensagens são automaticamente mapeados para você. No entanto, casos eles não estejam satisfatórios, você poderá fazer ajustes manuais. 
  3. Clique em Salvar alterações
  4. Quando estiver pronto, selecione Sim, continuar com a importação.


Quando a importação estiver concluída, você receberá um e-mail de confirmação. 

Lembre-se: você pode cancelar uma importação em andamento, ou revertê-la depois que ela for concluída, e começar de novo. Clique em Cancelar ou Iniciar reversão, na página Importar dados do serviço pelo qual você importou.

Quem pode usar este recurso?
  • Os proprietários e administradores de workspace podem acessar esse recurso. 
  • Disponível nos planos gratuitos e pagos.

Artigos relacionados

Artigos lidos recentemente